Uma história do futuro ( suite)

Tenho feito a série na minha coluna mensal na Ler – no próximo número, ilustrada com uma  história em ambiente Mau-Mau,   a possibilidade de Portugal vir a ser um narco-estado, em honra de raízes antigas. Por vezes vou ensaiando  aqui.

Joaquim Mendes Robalo, médico  responsável pelos  postos de  saúde de Sul, Covas do Rio, São Martinho das Moitas e Candal, concelho de S. Pedro do Sul, em entrevista  ao Vouga Livre* (grande nome!) em Maio de 1975:

” A sociedade capitalista, de onde viemos, fez da saúde pública um rico negócio. A saúde só era garantida a quem tinha possibilidades para  a pagar (…).  São quatro freguesias sem um médico, sem um enfermeiro, agravado tudo isto  pela quase inexistência de caminhos e outros meios de comunicação ( telefone etc)”.

Ora bem, primeira pergunta: Voltámos ao  futuro do passado ou , apesar de todo o neoliberalismo na Saúde, estamos muito melhor do que em 1974?

Segunda pergunta: A Revolução falhou aqui ou não?

* in  Sónia Vespereira de Almeida, Camponeses, Cultura  e Revolução – Campanhas de  Dinamização Cultural e Acção Cívica do MFA ( 1974-1975), Ed Colibri, 2009

FNV

3 thoughts on “Uma história do futuro ( suite)

  1. jj.amarante diz:

    Estamos muito melhor na saude do que em 1974. Onde melhoramos muito pouco foi na forma de debater assuntos. Qualquer coisa esta sempre a piorar imenso durante anos a fio. Ao fim de um ror de anos a piorar imenso la aparece um estudo mostrando que afinal, depois do declinio tao bem descrito anos a fio a situacao actual eh muito melhor que no inicio do ror de anos.

  2. Fumaça diz:

    ” ou, apesar de todo o neoliberalismo na Saúde, estamos muito melhor do que em 1974?”
    Belo raciocínio, sim senhor.
    Apesar de tudo, na saúde, em 1973, estávamos muito melhor do que em 1640. Apesar de tudo, em 1973, sempre havia mais médicos do que em 1789. Apesar de tudo, em 1973, a medicina estava mais avançada do que em 1820. Vale a pena continuar ou estarei a exercer em demasia a “pressão da esquerda”?

    Não precisas de responder, vai antes fumar um charuto.

    • fnvv diz:

      A pergunta refere-se a dois modelos de saúde, percebe? Comparar 1974 e 1978 ( com o SNS instalado) não é mesma coisa do que comparar 1974 com 1474.
      Um comentário pleno: arrogante e, como demonstrei, perfeitamente estúpido. Vou aproveitá-lo para a série.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: