Ouça, ouçam

Há muitos anos  que, volta e meia,  tenho o imenso prazer de conversar com Carlos Costa Cabral, o presidente  da câmara da Mealhada. Síntético e de humor robusto como um antigo Solar das Francesas, o que ele diz aqui a propósito do plano de reestruturação das dividas das autarquias não me surpreende.

Talvez baralhe é os soldados. É  um autarca socialista que diz, preto no branco, que autarquias que não devem nada terão agora de pagar as megalopatas  e , por vezes, nepóticas e viciosas, que se endividaram até ao tutano. Aguardo, com curiosidade,  para ver se vão apelidar o autarca socialista de salazarento e miserabilista ou a soldo da propaganda governamental ( e por isso também aguardo as reacções dos Menezes  da órbita do PSD profundo).

FNV

5 thoughts on “Ouça, ouçam

  1. balde-de-cal diz:

    lisboa e gaia devem tanto como as outras todas juntas

  2. […] Filipe Nunes Vicente cita o presidente da Câmara da Mealhada a propósito do anunciado “fundo de resgate” autárquico finaciado solidariamente por todas as autarquias. […]

  3. João. diz:

    Quem deve pagar parte do pato é quem emprestou dinheiro sem ter o cuidado de verificar se o devedor tem condições de pagar. É o risco de quem vive de emprestar dinheiro ou será que os bancos não têm direito a fazer maus negócios e pagar por eles?

  4. palavrossavrvs diz:

    É «Menezes», Filipe, e é preciso que se diga e rediga: Gaia tem liquidez, Gaia tem receita, Gaia suporta largamente a dívida contraída. Noutros casos não é assim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: