Façam força.

O grande problema chama-se PSD, um depósito de gente moralmente atrasada que confunde estratégia com motivação. Há naquele partido, como de resto na boa parte do país que o inchou, a convicção parola de que “se fizermos muita força”, “vamos conseguir”. Os equilíbrios complexos de que depende o futuro de Portugal são assim enfrentados como se o mal do país fosse uma prisão de ventre.

“Se fizermos muita força”, vamos “trabalhar mais”. “Se fizerem muita força”, os meninos “vencerão o facilitismo” e educar-se-ão sozinhos. Se os desempregados “fizerem muita força” irão encontrar “lá fora” o posto que “merecem”. “Se fizermos muita força” esqueceremos as canalhices do Relvas, a imbecilidade quase tocante do primeiro-ministro, os assessores de vinte e dois anos da “jota” pagos a quatro mil euros por cabeça, os sonsos que são contratados para vigiar e comentar na blogosfera tipos como eu, os impropérios das cilinhas da “caridade” e os redondismos dos doutores do Porto que pregam a “contenção” enquanto “apoiam” o Luís Filipe Menezes.

Se fizermos “muita força” pagaremos mais impostos com alacridade para que um bando de filhos da puta nos aponte o dedo no final do dia e “denuncie” os nossos hábitos de consumo, o nosso sarcasmo, as nossas viagens e os pequenos prazeres que ainda nos restam para tentarmos esquecer que esses filhos da puta existem.

Sim, façam força. Porque nunca uma gosma tão refinadamente nojenta, uma merda tão difícil de extrair mandou em Portugal.

Luis M. Jorge

12 thoughts on “Façam força.

  1. cristiana fernandes diz:

    Concordo. E o que fazer, no meio de tanta mediocridade, num Estado que me obriga (através de leis medíocres) a ser medíocre para não ser ostracizada ?

  2. henedina diz:

    Luís…olhe o SIS.

  3. henedina diz:

    Para o SIS…”a imbecilidade quase tocante do primeiro-ministro”, foi o que eu senti na msn, quase tocante.

  4. António diz:

    Está mesmo a pedir a visita dos olheiros da blogocoisa.
    Será que também têem um Índex?

  5. António diz:

    Há muito que me convenci que há grandes instituições neste país cujo engrandecimento é a própria causa da decadência do país. Ocorre-me além do PSD, o Benfica, o líder do Governo Regional da Madeira, o Presidente da Câmara de Oeiras, entre tantos outros, entre tamanho enxurrada de pulhas, incompetentes e criminosos que assolam este cantinho à beira mar desgraçado.

  6. Totalmente de acordo.
    E agora peço perdão pelo plebeísmo… sucede que “fazer muita força” (seja para parir, seja para defecar) acaba sempre, mais cedo do que tarde, em hemorroidal. Será que quem anda a mandar fazer “tanta força”, “muita força”, “muita força” mesmo, está consciente dos resultados? Cá para mim está, e não só não se importa, como até acha bem. O que significa que andam a trabalhar para os laboratórios que produzem e comercializam as pomadas e os comprimidos que tratam do dito cujo.
    Feliz 2013!

  7. balde-de-cal diz:

    um amigo estalinista disse no verão de 75 que no 25.iv se rebentou o cano de esgoto e só veio merda à superfície

  8. Rui diz:

    Onde está “PSD”, podia estar qualquer outro partido (talvez com excepção do PCP); podia estar a “blogosfera”, “literatura nacional”; “jornalismo”. Ou então é apenas simples insulto, e assim vale ainda menos.

    • rita diz:

      Há altura em que um “simples insulto” pode valer muito. E esta é uma delas porque esta “convicção parola” de que fala o post é completamente insensível a argumentos ou factos, quanto mais a realidade sugere que possam estar enganados mais eles fazem força, mais eles cortam, mais eles cobram, mais eles poupam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: