Mais uma prova

De que não há desvio de esquerda nos  media é o chinfrim que os ditos estão  a fazer com estas declarações  racistas de Arménio  Carlos.

Já passaram tantas vezes nas nossas  televisões como naquela  vez em que Berlusconi chamou bronzeado a Obama ou quando  Zezinha Nogueira Pinto ( que os deuses a tenham em paz) disse que havia demasiadas lojas chinesas em Lisboa.

É que não falam de outra coisa.

FNV

Anúncios

18 thoughts on “Mais uma prova

  1. A.R. diz:

    O arménio é um bimbo.

  2. Uma alusão cómica aceitável. Está até bem achado. São também três, na época certa, dão prendas e, na tradição popular, um dos Reis Magos é preto. Só por escândalo beato se pode chamar à piada ‘racismo’.

  3. fnvv diz:

    Náa…malucos.
    O Público fazia um rasgado elogio a Hollande ontem ( naquela classificação semanal) .
    O motivo: temos homem! Mostrou os dentes aos malvados da al qaeda.
    Rebolei de rir a recordar os bons tempos das teses do droit de regard neocolonial sobre o gás e etc ré ré ré…

  4. caramelo diz:

    Filipe, isso soube-se pela comunicação social, já é assunto nacional e já andam a retratar o Arménio Carlos como membro do Klan. O tal “media left bias” é um ente ainda mais difícil de achar que uma família de gambuzinos, para a maior parte das pessoas, mas tu já fazes criação.

  5. João. diz:

    Há pessoal para o que o imperdoável é que se goze com o gajo do FMI, o mais escurinho, não sei se está a ver. Mas se fosse o loiro, era a mesma coisa. O que chateia essa gente é que não se trate o pessoal da troika com um respeito quase sacramental.

    É isto que é, para vocês, uma manifestação de racismo:

    “Daqui a pouco vêm aí outra vez os três reis magos, um do Banco Central Europeu, outro da Comissão Europeia e o mais escurinho, o do FMI, e já se fala em mais medidas de austeridade”

    Nem importa que na CGTP um trabalhadore que, a seu ver, esteja a ser explorado, tanto faça que seja um alfacinha lisboeta ou um emigrante angolano – o que interessa é que o Arménio disse “o mais escurinho” naquele contexto.

    Da próxima vez que um gajo do pnr vier dizer que não é racista você acredite logo, já que pouco importa que o pnr seja um partido racista.

    • João. diz:

      “tranalhador”

    • fnvv diz:

      Não, o importante é o duplo padrão, está farto de o saber.
      O resto é vc a disparatar com o autor do post que, por coicidência, sou eu.

      • João. diz:

        Ou seja, estas declarações estão a ser tratadas de modo tal que se diz do Arménio que é um racista – ignorando completamente quer a história do discurso da CGTP quer a do seu secretário geral de que não se conhece qualquer tese da superioridade do trabalhador branco e eu é que estou a fazer vinho de água.

        É que não há na declaração de AC quaisquer indicações de que a pele negra é sinal de inferioridade ou o que seja. Houve uma menção à pele negra do gajo do fmi a propósito de uma alusão aos 3 reis magos; não há nestas declarações meio de partir delas para uma generalização da pele negra a não ser a de chamá-la de escurinha. Não há nenhuma generalização do tipo: “é escurinho logo…isto ou aquilo”, a não ser “é escurinho, logo, numa alusão aos três reis magos, fica a valer como um deles”.

      • fnvv diz:

        Muito bonito e certo. É pena é o valor facial disso: relativo.

      • fnvv diz:

        Aliás, chega de hipocrisa de sacristia: o escurinho é usado porque o homem é mau, é do FMI etc. E usar a cor de pele para diminuir alguém é racismo.
        Chega de tretas.

      • João. diz:

        O Arménio Carlos cometeu um erro. Esqueceu-se da confluência de dois factores: o ódio que muitos têm à CGTP e a submissão reverencial ao pessoal da troika. A meu ver é isto que está em causa e não um suposto racismo de Arménio Carlos. Depois há alguns bloquistas, como o que comparou, no Arrastão, o Arménio ao KKK: para esses acredito que é racismo se eu disser: “a mulata gostosa da escola de samba…”

      • fnvv diz:

        pois eu não sofro desse ódio e muito menos de subserviência a ninguém ( excepto ao Benfica)

  6. João. diz:

    fosga-se, leia-se “trabalhador” (e não ‘trabalhadore’ nem ‘tranalhador’)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: