Sobretudo agora, que o TGV já nem com mão de obra nacional

Contudo, como é que um grupo que ascende ao poder dum partido através de traições públicas aos seus camaradas e sem nenhuma estratégia política que os distinga, exceto faro oportunista, pode ser para o Povo um exemplo de pessoas de confiança?

FNV

Anúncios

7 thoughts on “Sobretudo agora, que o TGV já nem com mão de obra nacional

  1. O Google Reader tem entradas que por vezes vão dar a “página não encontrada” numa analogia com as queixas que tenho ouvido sobre as dificuldades em apagar o que se pôs no Facebook. Não sei se a despropósito, a wikipedia diz de Antonio de Oliveira Salazar: ” was a Portuguese professor and politician who served as the Prime Minister of Portugal from 1932 to 1968. He also served as acting President of the Republic briefly in 1951″.

    • fnvv diz:

      uma entrada não faz a primavera mas…o que foi apagado ? o TGV de mão de obra nacional?

      • Eu referia-me ao “Media left bias- subsídios”, onde apareciam o Fidel Castro, o Augusto Pinochet e outros. Um blogue não é um jornal e mesmo nos jornais, até à publicação, se vai pondo e tirando. Mas achei curioso o tom extremamente neutro da descrição resumida (a que aparece citada pelo google) do Salazar na Wikipédia.

      • fnvv diz:

        não está pronto ainda, precisa de retoques, mas não vale a pena tapar o sol com a peneira: recorde-se como Fidel é apelidado nos media portugueses e compare com Vilela, Stroessner, Pinochet etc.

  2. balde-de-cal diz:

    diz o Mané dos burros tirador e comprador de cortiça no A. Alentejo:
    ‘-estava fudido se não fossem os Cranianos’

  3. cristiana fernandes diz:

    Também se pode aplicar à firma Relvas, Passos & Cª, Lda., que nos desgoverna há uns tempos a esta parte.

  4. Daniel diz:

    Realmente, dou razão à Cristiana. Onde estava o PSD nos tempos do Guterres e do Sócrates? Exactamente! Entretidos a apunhalarem-se nas costas e a destruirem carreiras políticas dentro do partido sem verdadeira estratégia política sem ser chegar ao poder a qualquer custo. Receio que seja o que acontece com todos os partidos que volta e meia cheguem ao poder, não por mérito próprio, mas porque o povão deixou de gostar dos outros. PS e PSD têm mais pontos em comum do que aqueles que nos fazem crer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: