A bifana.

dsc03821

Para começar, sugiro ao Senhor Director de Programas da SIC Notícias que medite na possibilidade de substituir Daniel Oliveira no “Eixo do Mal” por alguém que alie as virtudes da inteligência, capacidade de síntese e inegável charme natural ao domínio das belas letras e a um certo dom oracular que muito abrilhantariam o Seu excelente canal de televisão. Recordo-lhe, caro Amigo, que a indústria da publicidade, mesmo num cargo de elevado prestígio, é hoje menos compensadora do que se apresentava há uma década, pelo que as oportunidades de contratar profissionais competentes e bem informados se encontram, finalmente, ao alcance de um executivo criterioso.

Vem isto a propósito da dupla candidatura de António Costa, que ontem mesmo antecipei aqui num texto humilde, alinhavado à pressa e ao arrepio dos meios de comunicação tradicionais. Reclamo para mim um mérito especial pelo simples facto de ter previsto o que nenhum analista, comentador ou politólogo se atreveu a conjecturar? De modo algum. O passado é o passado e o que importa, como diria Medeiros Ferreira, é olhar em frente.

Costa chega a primeiro-ministro ou não? Bem, digamos que os pequenos passos lhe exigirão um grande salto, e que os grandes saltos lhe parecerão passos pequenos. O pequeno passo, mas difícil, é ganhar o PS. O grande salto, mas mais fácil, será o triunfo em Lisboa e depois no país. Portugal suspira por Costa enquanto o PS conspira contra ele.

E isto significa que o futuro da pátria não depende da troika, nem das exportações, nem da demografia, nem da complacência da opinião pública. Depende da bifana. Coma muitas, António.

Luis M. Jorge

Anúncios

6 thoughts on “A bifana.

  1. António diz:

    Plenamente de acordo.
    Mas não se devem desvalorizar os bifinhos com cogumelos e batatas fritas.

  2. balde-de-cal diz:

    AC necessita andar de bicicleta, aquele ‘único veículo onde a besta puxa sentada’ (atribuido a Guerra Junqueiro)
    mas está perante o dilema ‘ na capital há mais ruas a subir ou a descer?’

  3. luar diz:

    João Soares defende Arménio Carlos: “O etíope é mesmo escurinho”

    Imagino o que Seguro não andará a chamar a AC.

  4. manuel.m diz:

    Napoleão quando lhe propunham a promoção de algum oficial ao posto de general invariavelmente perguntava : Mas tem ele sorte ?
    A sorte que tem Passos se tiver que enfrentar uma serigaita, uma múmia e um Sócrates revisitado. Seguro não conta, é um erro de casting.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: