É tarde.

demissc3a3o-jc3a1

Os pobres imbecis falharam em tudo. Falharam na redução do défice, nas previsões do crescimento, no combate ao desemprego, nas contas da procura interna e do investimento. Falharam em todas as promessas eleitorais, como a de não subirem impostos. Falharam até na moralização da vida política: Relvas ainda é ministro. Pior que isso, falharam onde governos anteriores tinham acertado. Falharam na no combate à burocracia, no acesso à educação, no reforço da independência energética e na justiça.

Portugal está hoje mais pobre, mais desigual, menos soberano e menos democrático do que era em 2011. Os sacrifícios que nos foram impostos não serviram para nada. Portanto, aceito com todo o gosto o convite do João José Cardoso para me associar a quem pede a demissão de Pedro Passos Coelho. Qualquer gesto, mesmo ineficaz, é melhor que gesto nenhum.

Luis M. Jorge

20 thoughts on “É tarde.

  1. XisPto diz:

    A questão substancial não é saber se o governo falhou as previsões, falhou, mas sim se a política seguida é a correcta, é, e não tem alternativa conhecia, salvo a saída do euro ou o default. O resto são detalhes, mesmo que dramáticos!

  2. abrantes diz:

    o governo anterior deixou um país falido.
    poucos o denunciaram nos blogues.
    este é um governo da Troica que nunca devia ter aceitado governar.
    se for embora não corro risco de ficar sem parte de depósito bancário que não tenho.
    passo a jejuar dia sim dia sim

  3. palavrossavrvs diz:

    Primeiro, meu caro, a merda de um projecto sem os caras-de-cu-aberto do PS a sorrir de tesão para uma coisa que não podem nem sabem cuidar. Depois, sim, demissão.

  4. henedina diz:

    E o imposto sobre os depósitos em Chipre? 6,5% para todos os depósitos e 9,9% para os mais elevados? Um atentado a confiança nunca antes perpetrado para recapitalizar os bancos e a congelarem os depósitos.

    • Vai ser uma correria aos bancos.

      • Estão a tentar criar legislação de última hora para impedir que os depósitos sejam levantados. Entretanto, já impediram que a parte relativa ao imposto seja levantada, mesmo antes de existir uma lei aprovada pelo Parlamento. Ou seja: neste momento, no Chipre, um país da UE, suspendeu-se o Estado de Direito. É exactamente isto que sucedeu: a suspensão de algo que até suceder nos parecia inimaginável.

  5. Jorg diz:

    “Pior que isso, falharam onde governos anteriores tinham acertado. Falharam na no combate à burocracia, no acesso à educação, no reforço da independência energética e na justiça”.
    Gosta pois de humor mórbido, não é?
    Isto parece aquele andar a ressuscitar defunto tinhoso com velinhas e rezas a média luz. Boa Noite, e boa Sorte!

  6. Fernando Cardoso Virgílio Ferreira diz:

    Caro Luís, a falta que faz neste (Des)Governo aquelas ricas luminárias do Eduardo Catroga (EDP) e do Vítor Bento (SIBS): o primeiro negociou o dito memorando de entendimento com a tríade (o tal que Frasquilho agora enjeita) e o segundo recomendou para o cargo de Sinistro-das-Finanças Raspar ao láparo Passos Kandimba…

  7. Gustavo Santos diz:

    “Qualquer gesto, mesmo ineficaz, é melhor que gesto nenhum.”
    Gesto nenhum? Há de experimentar votar…. Não é tão sexy como a vozearia mas é mais justo.

  8. zé serra diz:

    segundo o seu raciocínio, a esta hora, portugal deveria estar melhor. não se sabe bme como, mas deveria estar melhor. eu tb sou um grande comentador…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: