Ou/ou

“Ratzinger, ao pé de Bergoglio, tinha o marketing de uma toupeira”, diz o Filipe.
Tirando que Bergoglio não é só marketing, e parece-me que daremos por isso mais cedo do que tarde, sim, Ratzinger deixa saudades. Desconfio sempre do sentimentalismo e o novo Papa foi recebido como um regresso ao calor latino, por via austral, depois do “pastor alemão”. Se os jornais não começarem a atacá-lo depressa, é porque há algum equívoco. Ou dele ou deles.

PP

2 thoughts on “Ou/ou

  1. fnvv diz:

    Gostei sobretudo do “vir da Argentina” é toda uma ideia, ” chamar-se Francisco é todo um programa”, acrescento ” deixar os sapatos vermelhos é toda uma evangelização” e etc…
    Aguardo, claro, até porque nada sei do seu pensamento ( tem um livro de entrevistas , segundo me disseram)

  2. xico diz:

    Já sinto saudades de Ratzinger…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: