Menos o dr. Ricardo Salgado, atenção…

A elite portuguesa morreu toda em Alcácer Quibir.

Tenho um irnão que  se formou com 20 em matemática, foi para os USA e doutorou-se aos 26 anos, já é Prof há muito tempo na UC, dá aulas cá e em França, forma e tutela muita gente, lecciona  seminários  nos USA, publica nas melhores revistas  da área.

Não vos digo o que ele pensa  de chefes de claque como  MST, porque isto é um blogue de família.

FNV

9 thoughts on “Menos o dr. Ricardo Salgado, atenção…

  1. Bom dia Filipe,
    Blogue de família ??!! Desde quando?
    A ver se compreendo: o MST apesar de chefe de claque é da elite que não morreu em Alcácer Quibir. Compreendi bem?
    Bom fim de semana e abraço tipo taça de Portugal sempre é melhor que nada 🙂

  2. Daniel diz:

    Portanto o MST não se considera ‘elite’. Como o mundo evoluiu da burguesia, o MST não tem ligações ao clero nem é monárquico (leia-se nobre), só posso concluir que ele considere que representa o povo junto da suposta elite, que não o é porque a verdadeira morreu em Alcácer Quibir.

    O facto de saber que sou representado pelo MST junto da ‘elite’ enche-me de jubilo.

  3. caramelo diz:

    Como as coisas são. A última revista do Expresso fez-me recordar o brlhante jovem jornalista Portas e o seu discurso no Independente a propósito dos políticos de meia branca e sem nome, desse tempo. Foi um sábado de manhã com uma rara conjugação astral que me fez passar fugazmente pela cabeça uma solidariedade de classe com o Cavaco, o Dias Loureiro, etc, a racaille. O MST, que passa por ser de esquerda, vá lá saber-se porquê, tem o mesmo discurso sobre o estado, os políticos e os funcionários públicos. O MST considera-se da elite, não há que enganar. Volta e meia, ao longo dos séculos, aparece sempre nas melhores famílias alguém que proclama a decadência ou fim das elites. Faz parte dos códigos. Não é por a madame proclamar que o mundo é uma devassidão sem salvação, que devemos concluir que ela está a dizer em público que é uma devassa. Chamar-lhe “chefe de claque” parece-me muito impertinente e desajustado, já agora, Filipe.
    Ainda sobre o que diz o MST, usa-se tanto a fórmula “grau zero”, da politica, da literatura, etc, que eu fico com dúvidas sobre se não se está a perder de vista a origem e o significado do “grau zero” do Barthes, no “Grau zero da escrita”, que não tinha o caráter depreciativo que dão agora à expressão.

    • fnvv diz:

      E manhoso, porque as escutas do Sócrates “eram públicas e não valia a pena ignorá-las”, mas o Pinto da Cosat permaneceram um ultrage.
      Quanto ao dr. Ricardo Salgado, o único banqueiro que o chefe de claque não vergasta porque é compadre, palavras para quê?

  4. jorge jorge diz:

    A que horas e que MST disse isso? Pode ser importannte…

  5. Jorg diz:

    Não concordo – as reflexões e corropios dos grémios (e medronhos associados) do Campo Grande [ao colégio Moderno] com interlúdios estivos no Vau só podem emanar de natas destinadas a nortear os devires do mundo. E o Dr. Sampaio tem um inglês impecável, e um português etéreo nas suas narrativas como Tolkien quando nos descreve o Shire. O Mario Crespo conhece certamente livrarias de antiguidades em Georgetown, e a Ferreira Alves consegue avalizar malas de Senhora disponiveis em Marylebone ou no Quadrilatero d’Oro. O Duarte Lima, antes de ser preso, contratava chefes de (quase) talheres do Michelin para confeccionar iguarias para convidados, e presumo que esses chefes continuem ocupados com serões e ceias. Até o Paes do Amaral já deu entrevistas numa suite do Claridge’s…..

    O problema, provavelmente extensível ao MST [abespinhado pela sua vivência na Capital e indignado pelo ajavardar do seu Algarve d’infância], é que o País não os merece, e a gente que nesse País vive se ausenta perante os devires que eles norteam. Ou seja, esta elite é como a Opera de Manaus – não está morta, antes conserva-se viçosa [ainda anteontem um dos novos ‘bravados’ Michael Hendrick cantou´por lá Wagner ] e , mas é chata e demasiada a bicharada [assim como aventesmas, e.g. de Boliqueime, que se discernem nos topos de rebanhos] e selva á volta deles….ou dela….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: