Avanços e recuos, etc. e tal

Admitamos, para atalhar razões, que o acordo entre o Ministério da Educação e os sindicatos de professores que desbloqueou a greve às avaliações foi uma derrota de Crato e uma vitória de Nogueira. É assim que tem sido visto, e na leitura dos avanços e recuos será realista. A mobilidade especial atira-se para 2015, depois há eleições, o PS pode ganhar ou não, mas mesmo que não ganhe dificilmente um ministro terá força para voltar à carga, etc e tal. Pelo caminho, ninguém perguntou se e em quê a mobilidade especial, o aumento da carga horária sem componente lectiva, os horários zero e outros mistérios alquímicos contribuem para dignificar o trabalho docente.

Os professores acham que foi uma vitória? Talvez. Mas, como já disse, para o ano há mais, e daqui a dois anos, e daqui a dez anos, e sempre. A vida de um professor é tão mais do que isto.

PP

Anúncios

One thought on “Avanços e recuos, etc. e tal

  1. fnvv diz:

    Não exactamente, até porque vejo estas coisas sob o prisma do modelo de relação de poder: nunca há vitórias ou derrotas, há vantagens.
    falei do sucesso da greve. o que é diferente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: