Sim e não

Guilherme de Oliveira Martins tem razão, mas o reconhecimento deve, como a república, começar em casa.

Por exemplo, não desprezar o sector público, que tem pago, com os outros, o preço do cumprimento das obrigações.

FNV

 

Anúncios

One thought on “Sim e não

  1. floribundus diz:

    o MONSTRO devora os contribuintes e tem que emagrece custe o que custar.
    quem adora rosas tem que aceitar os espinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: