Falhar (3).

Agradeço ao leitor que me remeteu para este post do Financial Times. Eis um trecho, com sublinhado meu:

It is uncertain whether Portugal would qualify for the PCCL [versão mais branda de financiamento], however, since eligibility is limited to countries with “very strong track records in economic performance” – which is defined in the memo as having, among other things, a “track record of access to international capital markets on reasonable terms”.

That could mean an ECCL, or enhanced conditions credit line. The ECCL comes with a bailout-style “memorandum of understanding” as well as “enhanced surveillance” by the European Commission in consultation with the European Central Bank, so it looks very much like the troika setup currently imposed on bailout countries.

Agora toca a torcer, amigas. A “esquerda”, o PS, a irresponsabilidade das oposições, os resultados magníficos da balança comercial: esmerem-se.

Luis M. Jorge

Anúncios

8 thoughts on “Falhar (3).

  1. Fernando Cardoso Virgílio Ferreira diz:

    Caro Luís, adivinhe quem virá fiscalizar o desempenho da República Portuguesa durante o epílogo do 1.º resgate e o início do 2.º? Quem será, quem será?
    Se disse «Vítor Raspar», acertou em cheio porque as instituições da futura “Dóïka” (Comissão Europeia + Banco Central Europeu) precisarão de pessoal habilitado para a etérea função de inspecção dos países relapsos do Sul, e nada melhor que um fino “connaisseur” dos indígenas…

  2. Jorg diz:

    Ganha pois novo ímpeto o condensado elaborado pelo Prof. Dr. Nazaré:

    «Nós temos de definir o padrão de vida (quer dizer, rendimento) de que não estamos dispostos a abdicar e então pedir solidariedade europeia (para o manter)»

    Levanta-se porém aquela interrogação que vi reportada num filme – o Dr. Doolitle. A uma determinada altura alguém indica “Olha, vai ali o Dr. Doolitle. Ele chega a fala com os animais!”. Alguém lhe pergunta então “Ai é? Mas os animais, falam também com ele?”

  3. Leitor diz:

    Luís, não tem nada que agradecer. Gosto sempre de trazer mais dados, para as discussões.

  4. Leitor diz:

    Luís,

    Publique este comentário se achar bem.

    Tenho de lhe pedir desculpa, pois fui comentar (anonimamente) o que o Luís Naves escreveu e deixei-lhe um link para a sua resposta. Para mal dos meus pecados, fui bruto e, não sei porque carga de água, ele pensou que eu era o Luís Jorge.

    Mais uma vez peço desculpa, por ter causado este mal entendido, e devo referir que já comentei, no novo post do Luís Naves, esclarecendo que eu não sou o Luís Jorge e pedindo que isso fosse tornado claro.

  5. henrique pereira dos santos diz:

    Falta confirmar, e uma andorinha não faz a Primavera, mas não, não sou o único a inventar:
    http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/catolica_preve_que_economia_cresceu_no_segundo_trimestre.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: