Jornalistas

Eu não sou, mas,  se fosse, ainda que mau  e reles,  perguntava:

a) A Vítor Gaspar como é que um ajustamento era bonito em Maio e em Julho escreveu uma autocrítica e se demitiu.

b)  Ao  dr. Portas, à saída de uma reunião, numa entrevista  televisiva, num intervalo do cinema,  onde  fosse, por que motivo 48 horas foram suficientes para se recordar de Sá Carneiro.

FNV

Anúncios

5 thoughts on “Jornalistas

  1. João. diz:

    Proponho uma resposta hegeliano-lacaniana:

    o pensamento vem de um embaraço. O que não vem de um embaraço e o que muita gente toma como liberdade de pensamento é apenas a deriva do facto de termos um cérebro que está constantemente a emitir opiniões e impressões e a que nós damos voz como se fossem nossas, quando são acima de tudo do automaton biológico.

    Contudo, quando há um embaraço aí desliga-se o automaton e tem que se produzir um conceito, tem que se parir alguma coisa. As cartas de Vitor e Portas são sinal disto: ninguém gosta de parir um conceito sem trazê-lo à luz.

    Portas teve dois partos. Teve um embaraço tipo “tragédia eleitoral que se aproxima devido às políticas vigentes” e vai daí escreve um carta para se desmarcar, depois, tendo a própria carta tornado-se um embaraço teve de parir outra ideia – a tal do sacrifício da reputação.

    A diferença dos grandes pensadores para os pequenos, é que os grandes conseguem repousar no embaraço melhor do que os demais, não tentam livar-se dele rapidamente para voltar ao bios, à inércia da produção corrente, biológica, de opiniões, actos e pensamentos. Portas é desta última extirpe, dos pequenos, sendo que, como tudo tem a sua perfeição, Portas tem conseguido duplicar-se nisto e portanto desmarcando-se da mediocridade, consegue instrumentalizar esta diferença e se ainda assim não produz pensamento elevado tem contudo produzido longevidade política e cargos governativos.

  2. henrique pereira dos santos diz:

    É possível que Gaspar respondesse o óbvio: que a carta não tem nenhuma auto-crítica sobre o ajustamento (que explicitamente ele diz que permitiu cumprir uma série de objectivos) mas apenas a assumpção de responsabilidades por erros de previsão que ele entende que minam a sua credibilidade como ministro das finanças.

    • fnvv diz:

      Gaspar ( http://diariodigital.sapo.pt/images_content/2013/2013711829_carta%2001072013.pdf) não fala nem uma uma vez em ” erros de previsão”. Fala em limitações e responsabilidades pelos desvios, mas vc, que tanto fala na”realidade” acha normal o bonito em Maio(/ falhanço em Julho.
      Bem, respeito sempre os crentes.

      ps. isto para não ir a histórico aqui do D&Q e recordar as vezes que o Henrique no explicou que as previsões de Gaspar não falhavam…

      • henrique pereira dos santos diz:

        Filipe, o que são os desvios se não erros de previsão? Previu-se um défice e uma dívida e verificou-se um desvio. O que é isso se não um erro de previsão? Alguma vez eu disse que as previsões do Gaspar não falhavam. Pois gostava que procurasse o histórico, porque de certeza que lá estará pelo menos um comentário em que direi que a única vez que a previsão deu certa (a queda do PIB no ano passado, que variou apenas duas décimas, foi porque a previsão continha dois erros que se anulavam mutuamente; a queda do consumo foi maior que a prevista, o que puca o PIB para baixo, mas o aumento das exportações foi maior que o previsto (o que puxa o PIB para cima). Eu trabalho em planeamento há muitos e muitos anos, sei perfeitamente que a actividade de prever o futuro é péssima para a reputação de qualquer pessoa.
        A carta é clara: “A extensão dos prazos dos empréstimos está confirmada. O orçamento rectificativo está aprovado. As condições de financialmento do Tesouro e da economia portuguesa melhoraram significativamente. O investimento poderá recuperar com base na confiança dos investidores”.
        É isto o reconhecimento de que o ajustamento falhou?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: