A guerra imaginária

O Expresso traz esta semana um artigo sobre o belíssimo resultado da guerra às drogas, desta vez no México ( já foi na Colômbia,na China,  na Birmânia, na Turquia, no Laos, no Afeganistão etc e voltará a ser nestes e noutros locais) . A série The Bridge  está a abrir os olhos a algumas almas?  Talvez.

Outras almas continuarão a convencer-se de que existe uma guerra. Vítimas, sem dúvida.

FNV

Anúncios

2 thoughts on “A guerra imaginária

  1. floribundus diz:

    estão condenadas ao insucesso aquelas onde é difícil localizar o ‘in’, principalmente quando ocorrem no campo do adversário e possuem suporte político

    • fnvv diz:

      Fazer guerra às drogas é fazer guerra ao género humano ( os EUA aprenderam isso com o Volstead Act, vulgo Prohibition).
      Bem, se houver uma mutação e deixarmos de ter neuro-receptores opiáceos, talvez…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: