Bicos dos bicos pés

Como nenhum dos seu  alvos habituais (  bloggers, colunistas etc)  disse ou escreveu  o que quer que  fosse, Vítor Cunha usa a caixa de comentários de um jornal para justificar  o que assinou.

Se eu estivesse num blogue colectivo onde um dia aparecesse uma coisa destas,  esse era o meu último dia nesse blogue.

FNV

Anúncios

7 thoughts on “Bicos dos bicos pés

  1. B.P. diz:

    Mas quem é que perde tempo com caramelos destes?
    Santa paciência!

  2. A sua colega de blog, Helena Matos, também comunga (em bom rigor) do mesmo estilo: “e se, o que aconteceria se, etc.”. Como não acontece, usam “o que aconteceria” para provar (e pelo caminho tentar ridicularizar) o que e quem pretendem. Basta consultar o post dos “Golfinhos” um pouco mais abaixo. Neste caso foi mais fácil ir buscar o Manel da mercearia.

    • fnvv diz:

      Não tem comparação possível, trata-se da morte de uma pessoa.
      Pelos vistos vc também usa qualquer coisa para os seus alvos.

      • Julgo que tem comparação, Filipe (e por não falar nisso, bem regressado). Tanto a Lenita como este tipo usam e abusam de argumentos virtuais, muitas vezes inventados sobre ocorrências que não existem ou sobre meras possibilidades não verificadas: por exemplo, neste post tão interessante sobre o cónego Melo:
        http://blasfemias.net/2013/08/12/discurso-a-escolha/

        Não interessa o que fez o homem, pois claro, interessa só o que faria “a esquerda” tal como a entende a alminha coruscante de uma ex-revolucionária liberal. Tudo isto é muito triste, e muito muito cansativo.

      • Quanto ao facto de o homem ter morrido, como escreveu Orson Welles, ” há muito disso por aí”.

  3. Acho que não entendeu o que quis dizer. Tratar-se da morte de uma pessoa não invalida que se trate de um mau princípio, aqui bastante mais evidente e condenável. Por outro lado, não vejo por que razão seja a Helena Matos um “alvo”. Nem, neste caso, o António Borges. Apesar de discordar da maior parte do que defendeu em vida, a sua morte não me trás alento nem muito menos considero que seja vitória de causa alguma.

  4. José Alberto Aguiar diz:

    Referindo-me ao mesmo blog, tentem comentar o post “O povo pronunciou-se quando?”, da helenafmatos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: