O fogo do Caramulo

Indide info: o tipo que está fugido era um bimbo adepto do tunning. Tinha o hábito de andar em Alcofra em contramão, a acelerar, a assustar os  nativos. A GNR multou-o. Foi ele que ateou o fogo em sete locais diferentes, com a ajuda do idiota que está agora preso, e  para se vingar. A história não acaba aqui. Houve uma terra que ficou rodeada pelas chamas e sofreu prejuízos vários ( barracões, gado etc). Parece que essa terra tem uma certa rivalidade   com Alcofra e há antecedentes sangrentos.  Vigiemos a saúde do detido…

Lembrei-me de uma conversa com  uma colega e amiga que defendia uma espécie de lalangue foucaultiana: quem deve ser tratada é a comunidade do incendiário, é tudo patologias sociais etc. Bem, ainda que de uma forma diferente, esperemos que a história não acabe assim.

FNV

Anúncios

7 thoughts on “O fogo do Caramulo

  1. vortex diz:

    sempre fomos um país de brandos costumes.
    nunca se foi além dum crânio aberto por questões de rega.
    não houve nem João Brandão, nem Zé do Telhado, nem Diogo Alves.
    Rilhafoles era uma colónia de férias.
    o sujeito mais mediático da minha aldeia foi o último enforcado (Cais do Tojo em 1842) pelos seus homicídios por ciúme. excepcionalmente

  2. IsabelPS diz:

    Foi acusado de ter ateado o fogo etc etc…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: