Contratempo ( VIII)

A Constituição é contra o tempo do governo. Se é assim ( a televisão privada também era inconstitucional e  bem me lembro de Manuel Alegre a anunciar o apocalipse no parlamento, mas   Cavaco e Constâncio impediram que hoje Miguel Relvas fosse o  czar televisivo), proponham uma revisão.

Não podem? Acho bem. Agora não é um simples assunto de moelas e o tempo é um grande  escultor, como dizia a Yourcenar.

FNV

Anúncios

3 thoughts on “Contratempo ( VIII)

  1. XisPto diz:

    O tempo e a biologia.
    900 milhões de euros correspondentes a 50 mil despedimentos equivalem a quantos mil mobilidades especiais socráticas a 60% de vencimento e com uma esperança média de vida de X?
    É uma equação macabra mas com precedentes na nossa vida coletiva quando enfrentamos questões jurídicas sensíveis herdadas do passado, como por exemplo a lei das rendas e o colapso dos centros históricos das cidades: inquilinos e senhorios todos acabarão mortos e o problema resolvido. Alias, todos acabaremos mortos de uma forma ou de outra. Como alguém disse, a morte sucede uma vez, mas dura tanto tempo…

  2. Jorg diz:

    Não sei se estou de acordo com a contrariedade do Governo ser a Constituição…

  3. vortex diz:

    muita gente não percebe o que é a crp e para que serve.
    como dizia em 78 um aluno do 9º ano basta ‘o caminho para o socialismo e para a sociedade sem classe’. a pé, porque ainda não pagaram a dívida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: