Contrato de risco: definição de competências

Eu autorizei a morte do Fernandinho Beira-Rio, sim, em termos gerais.

Não autorizei  que ele fosse esperado à porta do seu  barraco  da favela da Refer, pelas 21.30h, por três encapuzados, e abatido com uma  Glock G-25 automática, dois tiros no peito e outro na testa.

FNV

Anúncios

8 thoughts on “Contrato de risco: definição de competências

  1. Joaquim Carlos Santos diz:

    Quando o asqueroso é comovente.

  2. VISITANTE DO ESPAÇO diz:

    Que fazer com o asco da hipocrisia ……Nada a humanidade é hipocrita por natureza , alias a humanidade adora a hipocrisia, mas isso deve-se a má educação, de ego narcisista , fazer o que com o asco da hipocrisia??? NADA ,É DEIXAR ANDAR!

  3. Carlos Duarte diz:

    Caro FNV,

    Parece-me que a sua comparação não é exactamente correcta. Permita-me uma versão alternativa (mesmas personagens):

    Eu autorizei a morte do Fernandinho Beira-Rio. Apenas autorizei a cobrança da dívida, sendo que o método ainda estava “em estudo” pelos executantes.

    Não autorizei que ele fosse esperado à porta do seu barraco da favela da Refer, pelas 21.30h, por três encapuzados, e abatido com uma Glock G-25 automática, dois tiros no peito e outro na testa.

  4. Jorg diz:

    Eu autorizei a construcao do recinto da Instituicao que incluia espacos verdes, varandas mais os acessos, e servicos, sim, em termos gerais.
    Nao autorizei que o espaco verde fosse o relvado, as varandas as bancadas, que os acessos se circunscrevessem as uns tarmacs muita rascas junto a viadutos e auto-estradas e os servicos tivessem apesos um centro comercial mais feio que o peixe-gota…

  5. Jorg diz:

    Leva a que o erro é assumir a investidura de autoridade para “autorizar”… Omnisciências e Omnipotências ‘a posteriori’ dão boa ficção, servem para lavar a cara de alguns mas rarament endossam recomendável prática moral…. Já viu o “The Buttler”?

  6. cristiana fernandes diz:

    E eu ( pessoa, mulher, portuguesa, cidadã, eleitora) por negligência, apatia, comodismo, laxismo, ignorância não vencida por preguiça, autorizei ( por acção e asmais das vezes por pura omissão) que uns “Chico -espertos” ignorantes atrevidos e éticamente pobres tenham governado o meu país e continuem a governar o meu país e assinem ( ignorantemente, claro ) os contratos que transferem o risco certo ( que deveria ser incerto, absolutamente incerto, como é requisito básico em qualquer contrato de risco ) para mim e tantos outros milhões como eu…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: