Contratempo ( XX)

Visto de cima não parece fazer sentido. Se aproximarmos  a lente, ainda faz menos. A tese é que a monogamia  sobrevive se as mulheres dominarem a técnica. Isto é uma mistura de cultura de lupanar , sociologia de fim de semana e estética de telenovela. Interessa-me porque há quem acredite.

Como dizia o Kraus, a sociedade necessita de mulheres com mau carácter: as sem carácter  nenhum são elementos perturbadores. Ora, uma mulher que aprende técnicas de sexo oral  ( mesmo a aquela famosa, do Luís Pacheco) para garantir o seu homem,  não tem carácter.  Já uns rissóis,  finos e cremosos,  de camarão da costa, não digo nada.

FNV

Anúncios

One thought on “Contratempo ( XX)

  1. zelisonda diz:

    “Ora, uma mulher que aprende técnicas de sexo oral ( mesmo a aquela famosa, do Luís Pacheco) para garantir o seu homem, não tem carácter. Já uns rissóis, finos e cremosos, de camarão da costa, não digo nada.” Muito bom! Tiro: Desert Eagle.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: