Domingo.

Chegará o dia de votarmos em candidatos independentes. Muitos não são, é certo, recomendáveis, mas a escassa margem de manobra do regime depende deles. É preciso atrair gente para a política da maneira mais célere e algumas humilhações de envergadura (em Sintra, por exemplo) talvez façam soar os alarmes nas estruturas partidárias.

Não é que tenha esperança. Apenas defendo que a falta de esperança não nos deve inibir de tentar alguma coisa.

Luis M. Jorge

Anúncios

2 thoughts on “Domingo.

  1. henrique pereira dos santos diz:

    Com os principais partidos a apresentarem duas pessoas como Pedro Pinto e Basílio Horta (alguém se esqueceu de lhes dizer que a construção civil parou, e portanto Sintra já não é mina que tencionavam explorar) tenho pena de não votar em Sintra para ver os partidos que fazem escolhas destas levar uma banhada monumental. Finalmente consigo escrever um comentário a concordar consigo.
    henrique pereira dos santos

  2. Miguel diz:

    “a falta de esperança não nos deve inibir de tentar alguma coisa.”

    Exacto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: