A Europa precisa de Deus?

É o título do debate online em que a Fundação Francisco Manuel dos Santos, pela mão do Vasco Barreto, me convidou a participar com os bem conhecidos Palmira Silva e Tiago Cavaco. Começou há dois dias e dura até amanhã. Passem por lá, que o tema e os outros convidados valem a pena.

PP

Anúncios

16 thoughts on “A Europa precisa de Deus?

  1. João. diz:

    Você numa de suas intervenções que está publicada no site refere (a propósito da questão dos símbolos religiosos na sala de aula):

    “Como dizia Joseph Weiler, judeu e perito em Direito Constitucional que foi ouvido pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos no caso dos crucifixo italiano, ninguém impediria uma criança de usar uma t-shirt com a caricatura do Papa, ou a cara de Che Guevara, ou um insulto ao Presidente americano, que também podem considerar-se ofensivas: “tudo é permitido, excepto um símbolo religioso”.”

    Parece que alguém tem que informar o sr. Weiler que ninguém, em geral, impede algum aluno de usar um cricifixo ou uma imagem de Jesus num fio ao pescoço ou numa t-shirt. Este argumento cai completamente por terra e é incrível que tenha sido feito.

    Não há comparação entre crucifixos na parede de uma escola pública e um aluno levar uma t-shirt com a imagem de Jesus – nunca ouvi falar de uma escola pública na europa ter proibido t-Shirts com motivos religiosos.

    Claro que se me der exemplos de alunos que, na europa, entraram na escola com uma t-shirt com motivos religiosos e foram avisados para não o fazer eu agradecia mas, sinceramente, nunca ouvi falar de uma escola pública, seja portuguesa, seja francesa, italiana o que for da europa ocidental a fazer alguma coisa deste género.

    • ppicoito diz:

      Em França, os alunos são proibidos de usar qualquer símbolo religioso na escola, incluindo o chador e a cruz ao pescoço. Não conheço casos de proibição de t-shirts com motivos religiosos por um motivo simples: as t-shirts com símbolos religiosos são raras, comparadas por exemplo com t-shirts do Che Guevara. O argumento da t-shirt é uma analogia.

      • João. diz:

        Okay. Você marcou o seu ponto. De minha parte concordo que as salas de aula de escolas públicas não exibam símbolos religiosos [ou políticos]. Acho contudo uma estupidez que um aluno não possa usar um fio com uma cruz ou uma t-shirt com um motivo religioso.

      • caramelo diz:

        A proibição dos símbolos religiosos nas escolas terá sido um erro, mas a motivação nunca foi religiosa. Considerou o governo francês que é uma humilhação para a mulher, uma forma de sujeição pelo homem e terá sido uma forma de travar o radicalismo islâmico. Seria delicado ficar só por esse, e então resolveram a coisa proibindo todos os símbolos religiosos na escola. Entretanto, foi aprovada a proibição do véu integral, cobrindo a cara, em todos os lugares públicos, pelas mesmas razões, sem tocar nos símbolos das outras religiões.
        A questão nunca se tinha colocado antes do aparecimento dos véus, fenómeno relativamente recente em França para as gerações mais novas. Estive um mês em Paris há quase trinta anos e não me lembro de ver miúdas muçulmanas com véu, e corri os bairros maioritariamente magrebinos (o maior, junto ao cemitério do pére lachaise). Já há muitos anos que a laicidade do estado francês, a herança dos jacobinos e seus mentores, convive bem com as profundas raízes católicas da “outra” França, assim como o Dom Camilo convivia bem com o Dom Peppone, com algum ascendente deste, até. Há também umas passagens engraçadas no Bouvard e Pecuchet sobre isto.

      • caramelo diz:

        “o Dom Camilo convivia bem com o Dom Peppone, com algum ascendente deste, até.”

        Queria eu dizer com algum ascendente do Fernandel, perdão, do Dom Camilo.

      • caramelo diz:

        Uma t-shirt, seja com a figura de Jesus Cristo, seja com uma frase do Corão, não são considerados, para efeitos da tal lei francesa, símbolos religiosos. Mais esclarecimentos em baixo, atenção à circular interpretativa em “L’aplication de la loi”. Donc…

        http://fr.wikipedia.org/wiki/Loi_fran%C3%A7aise_sur_les_signes_religieux_dans_les_%C3%A9coles_publiques

        Seria de qualquer maneira fácil verificar, é só fazer o teste.

  2. Fui lá espreitar. No fim a laicidade é também um acto de fé.

    • ppicoito diz:

      Caramelo, concordo, mas repito que quem trouxe o argumento das t-shirts religiosas foi o João. Em defesa do Weiler, recorde-se que a comparação que ele faz é entre t-shirts potencialmente ofensivas (mas permitidas) e símbolos religiosos (proibidos).

      • João. diz:

        Desculpe, mas quem trouxe o argumento das t-shirts foi a sua citação de Weiler que, aí sim, eu trouxe até aqui.

      • fnvv diz:

        desculpe, mas quem trouxe o argumento das t-shirts foi Deus, porque tudo acontece por graça d’Ele.

  3. Miguel diz:

    Que raio de pergunta! Há europeus que “precisam” de Deus e europeus que não “precisam”. A Europa não precisa nem deixa de precisar.

  4. ppicoito diz:

    É o João que fala em t-shirts religiosas, não é o Weiler. O Weiler compara a liberdade de usar t-shirts ofensivas e não religiosas com a proibição usar símbolos religiosos (o crucifixo e o chador) e diz que é incongruente. Se ele usasse como exemplo t-shirts religiosas, o argumento não faria sentido. Um pouco mais lógica, por favor.

    • João. diz:

      “ninguém impediria uma criança de usar uma t-shirt com a caricatura do Papa, ou a cara de Che Guevara, ou um insulto ao Presidente americano”

      É assim que está lá escrito. Isto só faz sentido se a oposição for a de usar t-shirts com motivos religiosos; porque senão poder-se-ia dizer que não deixam que um aluno cristão reze em voz alta nas aulas a determinadas horas enquanto permitem que o colega do lado use uma t-shirt do Che Guevara: apples with apples, oranges with oranges.

      Pelos vistos a ser como diz o Caramelo pode-se usar T-shirts com motivos religiosos e legalmente então nada impede que um aluno com uma t-shirt do Che se sente ao lado de um aluno com uma t-shirt de Jesus.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: