A escolha.

As sondagens continuam a revelar a boa forma da coligação. Não existe débâcle, apesar das convulsões anunciadas por partidos e picaretas falantes. Esta aparente serenidade tem um lado bom e um lado mau. Ainda não surgiram no país fenómenos equivalentes ao Aurora Dourada, nem é de esperar um crescimento da extrema-direita caceteira ao virar da esquina, o que é bom.

Por outro lado, a submissão abjecta ao directório de Massamá revela traços identitários preocupantes. A começar pela ideia de que a pobreza é um estado natural, como se estes quarenta anos de democracia e igualitarismo ligeiro fossem apenas uma intermitência no velho regime dos cueiros e da sardinha para três, a que regressaremos assim que a miséria nos permitir recuperar a vocação original da nossa gente.

E aqui reside a verdadeira crise das esquerdas. Na circunstância de querermos impor uma economia do bem-estar a um povo que vai de pernas em coto  para Fátima mas desaprova manifestações, que é subjugado por impostos mas não reconhece a si próprio qualquer dos benefícios do Estado Social.

Até agora, alguns de nós acreditavam que esta resistência universal à noção contemporânea de bem-estar era um produto da ignorância de muitos ou da má fé de uma minoria. Mas não. É uma escolha.

É a escolha de um povo que olha para o espelho e vê a sua pobreza ancestral, e que quer a pobreza porque sem ela não se sente na  sua pele.

Luis M. Jorge

Anúncios

2 thoughts on “A escolha.

  1. Miguel D diz:

    O povo que dá boas sondagens à coligação quer a pobreza e não papa o bem estar que a esquerda tão generosamente lhe coloca no prato.

    Isto é lindo

    • Pois. Mas é exactamente assim. Por vocês estávamos na Idade Média, ou naquelas merdas inglesas da revolução industrial — porquinhos, atados e com o dom Duarte Nuno a exibir-se magestaticamente em Fátima.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: