Angola é nossa: louvores

Na audição a Rui Machete, o PCP preferiu fazer perguntas sobre o ensino do português no estrangeiro:

(via)

FNV

Anúncios

5 thoughts on “Angola é nossa: louvores

  1. João. diz:

    Hummm, não mostra a intervenção do deputado do PCP. Na minha terra isso chamar-se-ia informação truncada e até tentativa de manipulação uma vez que remete para quem, precisamente, está ausente aí: o deputado do PCP.

    Só consegui encontrar um resumo na RR ( que já contrasta com a redução da intervenção do PCP a perguntas sobre o ensino do português no estrangeiro):

    “17h21: João Ramos, do PCP, toma a palavra

    17h22: João Ramos compara situação de Rui Machete com o da ministra das Finanças com o caso dos contratos SWAP, ironizando com o termo “incorrecções factuais”.

    17h24: “Hoje vem aqui, primeiro dizer que o que disse à entrevista aconteceu porque tinha ocorrido um crime de violação do segredo de justiça, mas tentou justificar este crime cometendo uma ilegalidade, imiscuindo-se na esfera da justiça, que não lhe diz respeito”, diz João Ramos.

    17h25: Lançadas as “farpas” sobre os casos polémicos, João Ramos passa a falar de assuntos mais directamente ligados aos Negócios Estrangeiros.

    17h26: Uma vez que Rui Machete tem responsabilidade de relação com as instituições europeias, João Ramos aproveita para fazer uma pergunta relacionada com o orçamento do Estado, a propósito da mais recente avaliação da “troika”, perguntando se existe um “plano B” caso haja mais propostas do Governo que sejam consideradas inconstitucionais.

    17h31: “Agradeço ao Sr. Deputado não ter exigido eleições antecipadas ou a queda do Governo. É uma originalidade que aprecio”

    17h33: “Não é um problema de eu me sentir fragilizado, é um problema de eu me sentir atacado e querer defender a minha honra”

    17h33: “Política do Governo é fortemente condicionada pelo memorando de entendimento. Um dos objectivos do Governo é libertar-nos dos condicionalismos que o memorando nos impõe”, diz Rui Machete, clarificando contudo que não participou nas recentes conversações com a “troika”.

    17h35: “Em princípio não existe nenhum plano B”, diz Machete, respondendo mais directamente à pergunta de João Ramos.

    17h35: “Na proposta de orçamento procuramos encontrar as fórmulas ao nosso alcance para obter o resultado que pretendemos, de nos libertarmos desta tutela em Julho do Próximo ano”

    17h35: “Se o Partido Socialista vier a ser Governo nos próximos tempos terá de meter muita da sua propaganda no bolso, porque é irrealizável neste momento”, diz Rui Machete.

    17h37: “Eu tenho sido das pessoas que mais tem apreciado o papel do Tribunal Constitucional ao longo da sua vida”, diz MAchete, salvaguardando que, todavia, “não concordo com algumas das decisões jurisprudenciais”.

    17h37: Rui Machete passa a palavra ao secretário de Estado das comunidades para falar sobre a questão das aulas de português no estrangeiro. Secretário de Estado José Cesário agradece a clareza e o discurso correcto de João Ramos, constratando-os com o estilo do PS.”

    (…)

    “18h36: João Ramos, do PCP, clarifica que apesar de na sua primeira intervenção não ter pedido eleições antecipadas, um facto notado de forma irónica pelo ministro, “não tenha dúvidas que as defendo”.

    19h00: A Renascença termina aqui o acompanhamento da audição parlamentar de Rui Machete.”

    http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=27&did=124929

    (presumo que a audição tenha continuado ficando sem saber o que prosseguiu, em todo o caso longe da caricatura do “ensino do português” que o post sugere).

    • João. diz:

      Talvez seja útil lembrar que o MPLA é companheiro do PS na Internacional Socialista.

      http://www.socialistinternational.org/viewArticle.cfm?ArticlePageID=931

      E se o MPLA é corrupto então não sei o que espera o PS para à luz da própria Carta Etica da Internacional Socialista denunciar o MPLA aos restantes membros e pugnar pela sua suspensão ou expulsão:

      “ETHICAL CHARTER of the SOCIALIST INTERNATIONAL
      Adopted at the XXII Congress of the Socialist International, São Paulo
      We, member parties of the Socialist International, reaffirm our total commitment to the values of equality, freedom, justice, solidarity and peace which are the foundation of democratic socialism. We solemnly undertake to respect, defend and promote those values in the spirit of the fundamental declarations and campaigns of the Socialist International.
      Our support to these values implies that we apply in the strictest way possible, the following code of conduct :
      1. To carry through progressive politics that favour well-being of individuals, economic expansion, equitable trade, social justice, the protection of the environment in the spirit of sustainable development.
      To oppose all social and economic politics to the advantage of privileged groups, and promote the creation of a global economic system which will lead to more equitable and fair North-South relations.
      To combat corruption in all its forms and the obstacles to good governance.”

      http://www.socialistinternational.org/viewArticle.cfm?ArticleID=24

      Se não o faz, se não denuncia o MPLA publicamente ou nas instâncias devidas da Internacional Socialista, o que quer o PS? A demissão de Machete. Muito bem. Passos já disse que não o demitia. E agora. O que quer o PS? Aceita ou passa a defender a queda do governo? Ou prefere não fazer nem uma coisa nem outra para ir cozinhando isto em lume brando apenas e finalmente para colher dividendos eleitorais mostrando afinal que os princípios servem acima de tudo para isto – para joguinhos às escondidas com o governo e o eleitorado.

  2. Um Stalker. Nunca tive nenhum. Inveja.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: