Bananal.

Regressemos aos princípios. As instituições de um Estado não devem responder a editoriais de um jornal africano. Em compensação, é necessário que respondam a isto. Até tremo ao antecipar as reacções acutilantes do Governo, do Parlamento e do Presidente Cavaco.

Luis M. Jorge

Anúncios

23 thoughts on “Bananal.

  1. henedina diz:

    Concordo. Perdemos a soberania e os estrangeiros que nos governam (PPC, CS) concordam com a analise do patrão estrangeiro (Bruxelas) e consideram inaceitável que quem perde a soberania ainda se dê ao luxo de pensar e julgar ter instituições.

  2. caramelo diz:

    Já tinha posto ali em baixo um comentário sobre isso. Até fiquei roxo. Quando um borrabotas de um funcionário da UE se atreve a dizer aquilo, ou quando o borrabotas do seu chefe diz que até os tribunais têm que cumprir o programa de ajustamento, é sinal que a UE acabou, finito, kaputt, that’s over, folks. Quando se forem de vez os que cedem à chantagem, os que se rebaixam, humilhando o seu país, devia chegar-se à frente alguém com uns tomates suficientemente grandes para lembrar, no mínimo, que a UE é formada por paises soberanos e aqueles são funcionários da UE. Se esses anões querem tratar o Tratado da União Europeia como tratam a nossa Constituição, alguém tem de lhes dizer alguma coisa. Eu, se não simpatizo com eles, começo pelo menos a compreender melhor os ingleses isolacionistas.

    • Qualquer dia, se isto continua assim, até começo a admirar (modo de dizer) a Tatcher.

      • caramelo diz:

        Mai nada! Rule, Brittania, Brittania All the Way! You’l never walk aloooone! Se ainda fosse viva, alugava a Tatcher por cinco minutos (mais não, caraças) e ensinava-a cuspir pró chão e a dizer fuck off em português.

      • E, sejamos simpáticos e condescendentes, em alemão. Se para mais não fosse, serviria para mostrar à «Mutti» (mas não só a ela, bem sei) o que é uma «Iron Granny».

  3. xico diz:

    É célebre a resposta que a jovem rainha Guilhermina da Holanda deu ao Kaiser da Alemanha que se gabava de os seus soldados terem 7 pés de altura enquanto os holandeses davam-lhes pelos ombros: É verdade, majestade, respondeu, mas quando abrirmos os diques as águas terão 10 pés de altura.
    Foi ainda esta rainha de um pequeníssimo país que, com 20 anos de idade, mandou para Lourenço Marques um navio de guerra para resgatar Paul Krueger, furando o bloqueio da forte e orgulhosa Inglaterra.
    Também lembro aqui o forte protesto de Salazar a Hitler quando da prisão de uma princesa da casa de Bragança. Espero que não tenhamos de receber lições da ditadura.
    Se os homens deste país não se dão ao respeito, é altura de os substituir pelas mulheres.

  4. Miguel D diz:

    Aqui é impossível discordar, o silêncio face a este comportamento de Bruxelas diz tudo.

  5. Como habitualmente, baixarão as calças e abanarão o cu sugestivamente. O Machete, como é mais velhote, talvez se limite a pedir desculpa.

  6. Daniel diz:

    Esta ainda custa mais a engolir pois para além de se tratar de um funcionário da UE é, acima de tudo, um traidor à pátria.

  7. chukcha diz:

    Parece-me que a resposta já foi dada, no parlamento em devido tempo:

    «Pergunto se pode olhar nos olhos dos portugueses e dizer-lhes que este debate está a ser pago, financiado, não por um Moscovo soviético mas por uma Troika que financia os vencimentos de quem aqui falou», questionou a vice dos sociais-democratas.

  8. Treme o Luís, tremo eu e treme todo o Portugal, de aquém e de além-mar. A União Europeia que se cuide…

  9. henrique pereira dos santos diz:

    Leram o relatório, ou estão a comentar com base nas notícias? É que o relatório está disponível na íntegra.

  10. caramelo diz:

    O documento é uma análise política ignorante, além do mais. Diz que é necessário um consenso entre os actores políticos e institucionais, aqui incluindo o TC, obviamente, ignorando que o entendimento da constituição pelo TC não pode ser negociado. O TC não reúne um dia por semana com o governo para acertar os seus acordãos. O problema nem sequer é que uma técnica da EU diga isto, (aquele documento, segundo percebi, nem era para ser divulgado publicamente), o problema é que este é o entendimento do topo da comissão europeia, logo do Durão Barroso, que em tempos foi especialista em direito constitucional. Mesmo que só com um objetivo simbólico seria importante que o governo dissesse publicamente alguma coisa, embora se saiba que logo a seguir iria segredar ao ouvido de alguém nos corredores ou num salão de Bruxelas um pedido de desculpas pelo incómodo.

    • Carlos Duarte diz:

      O documento é fraquito (e em mau inglês!), mas é mais que óbvio que tem toda a razão quanto ao “negociado”. Se as medidas fossem aprovadas pelo PSD e pelo PS, não havia TC que valesse (por motivos perfeitamente constitucionais).

  11. João. diz:

    “On the other hand, some opinion makers note that the CC rulings are always negative in cases where the CC judges have their own interests at stake, e.g. in case of public servants pension or salary reductions.”

    Isto está lá escrito no relatório.

    Só para dizer que em se tratando de juízes, no caso do Tribunal Constitucional, que estão juramentados, esta acusação tem o valor de uma acusação de traição ao seu juramento, às suas funções e ainda, porque falamos de juízes, de uma a acusação de corrupção moral.

    A acusação é tanto mais cobarde quanto se sabe que dificilmente os Juizes se defenderão publicamente uma vez que, ao contrário da corja governista, eles preservam a dignidade da sua função e o apropiado sentido de Estado que devem cumprir.

    Somos governados por inimigos do povo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: