Empreendedolorismo

paris6
A ideia de uma disciplina de “empreendedorismo” na escola, sugerida por Pires de Lima, é um exemplo das razões pelas quais a direita não existe intelectualmente em Portugal. O Ministro da Economia, ao que parece, é líder da “ala liberal” do CDS (whatever that means, como eles diriam). O que é que faz um liberal autêntico, dos puros, dos que chamam socialista a quem não queira privatizar a Torre de Belém, quando chega ao Governo? Obviamente demite-se: pensa como a esquerda.
Follow me (como eles diriam). Pires de Lima identificou o obstáculo que impede os portugueses de sair da crise: a falta de empreendedorismo. Tal como a esquerda há muito identificou o obstáculo que impede Portugal de sair do seu atraso, de se modernizar, de seguir a via do progresso: o catolicismo, os jesuítas, a superstição, a monarquia, o analfabetismo, o isolamento, a falta de espírito científico, crítico, racional, etc. Superado este obstáculo, o caminho recto e luminoso que fará de nós a Bélgica ou a Finlândia abre-se como uma auto-estrada do Sócrates, sem trânsito nem portagens.
E o que falta para essa revolução cultural, pensa Pires de Lima? Que a escola, ou seja o Estado, mude os portugueses. Uma velha utopia que tem posto o ensino, desde o Marquês de Pombal, a salvar-nos de tudo menos da ignorância. Acreditam em milagres? Tomem lá física experimental. Acabam de sair de uma guerra civil? Contemplem a grandeza da história pátria. Têm saudades do rei? Ética republicana em cima. Sonham com o comunismo? Religião e Moral para todos. Não sabem usar a pílula? Educação sexual (com desenhos). Abstêm-se nas eleições? Formação cívica, social e tal. Estão desempregados, não são produtivos, queixam-se da crise, parasitam o Estado e sugam “os nossos impostos”? Aulas de empreendedorismo, definitely.
E assim por diante. Claro que, pelo caminho, a escola ensina tudo menos o que devia. E Pires de Lima, fiel ao pensamento utópico, esquece uns pormenorezinhos que nos desviam de tão radioso futuro. Por exemplo, que os portugueses, na esmagadora maioria, não querem ser empreendedores, criativos, inovadores, capitalistas, competitivos, tubarões do mercado, altos, loiros, de olhos azuis e parecidos com os americanos. Nem têm de querer, acrescento. O que querem mesmo, os inúteis, é um patrão que pague a tempo e horas e um Estado que, em vez de os educar, lhes deixe o bolso em paz.
Infelizmente, os nossos empreendedores têm muito o hábito, talvez aprendido na escola, de atrasar os ordenados assim que as empresas derrapam (sempre por culpa dos portugueses que não são empreendedores, já se sabe). E sobre o Estado, bem, é melhor ficarmos por aqui, ou começo a lembrar-me do que o Ministro dizia quando era empreendedor.

PP

5 thoughts on “Empreendedolorismo

  1. joshua diz:

    O que é que se pode dizer?! Brilhante!

    Como outros antes dele, Pires de Lima acaba de ter uma visão: um choque empreendedorismológico. Já vimos esse filme.

  2. jcd diz:

    É isso mesmo. Esta gente não para para se olhar ao espelho, quanto mais para pensar. Se o fizessem, poderiam perceber as suas imensas inconsistências ideológicas e políticas e o quão patéticos são.

  3. NS diz:

    Não que inovar nestes comentários. É a mais brilhante análise ao liberalismo governamental.

  4. henedina diz:

    Aquela de meter ingles no meio das frases realmente é um tique que têm e achei imensa piada.

  5. Carlos Duarte diz:

    Caro PP,

    Nem ia tão longe e analisava tão e somente a ideia. O empreendedorismo não se ensina. Ou se é ou não se é. O Estado, se quer mais “empreendedores”, que faça o favor de não atrapalhar quem quer abrir um negócio (coisa que manifestamente tem muito pouco jeito para fazer).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: