Nacional Situacionista ( VI)

Estamos a habituar-nos  a viver muito abaixo das nossas possibilidades.

Resta-nos abolir, ou até criminalizar, todas as recordações.

FNV

 

6 thoughts on “Nacional Situacionista ( VI)

  1. Raios, Filipe, um dos seus melhores posts, diria mesmo, histórico🙂

  2. vortex diz:

    fina ironia
    com pontapé certeiro nas partes fracas

  3. Os seus colegas de blogue parecem não concordar🙂

  4. caramelo diz:

    Sempre podemos ir ao Banco de Recordações levantar recordações antigas mais maneirinhas, para nos fazer suportar as agruras da vida. Há sempre gente de boa vontade a querer fornecê-las. Ainda hoje de manhã fiquei com a alma mais leve a ler uma crónica no Diário de Coimbra onde se falava de uma velhinha que dizia, entre outras coisas (as velhas das crónicas são sempre loquazes comó caraças) que as suas dificuldades eram suportáveis, porque já o dr. Salazar morreu pobre, apenas com quatro contitos de reis na caixa geral de depósitos.

  5. Fernando Cardoso Virgílio Ferreira diz:

    Caro Filipe, de tanto nos habituarmos a viver abaixo das nossas possibilidades (o «viver habitualmente» do nosso Doutor Sal+Azar) acabaremos impossibilitados de viver…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: