Antena islâmica

1) Mufti Zubair Islahi contra as  mulheres.

2) Jihad italiana

3) Não percebi se já está traduzido, mas vai para  a lista.

FNV

7 thoughts on “Antena islâmica

  1. João. diz:

    hummm, muita a atenção, na europa, vai para o radicalismo islâmico (não estou a dizer especialmente por você, mas pela opinião pública) enquanto a extrema direita, fascista, nacionalista e racista, vai tomando algumas posições à luz do sol.

    • XisPto diz:

      “extrema direita, fascista, nacionalista e racista, vai tomando algumas posições à luz do sol”, como por exemplo Passos Coelho?

      • João. diz:

        Não. Como por exemplo os gajos que em Itália andaram e andam a perseguir um membro do governo unica e exclusivamente por ser de etnia africana.

      • XisPto diz:

        João, ok, suspiro e concordo. Em França sucedeu o mesmo com uma ministra, suponho que da Justiça. A italiana era um alvo mais apetecível porque era da integração das minorias… Mas devemos ser rigorosos, trata-se de racismo e xenofobia, não de fascismo a conquistar posições militares. Foi mais para o lado da decomposição do socialismo real que isso sucedeu.

      • João. diz:

        Sim, é verdade, no leste a situação parece estar a escalar no que respeita à matéria aqui em pauta – mas não esqueçamos a França e a Frente Nacional.

        Sobre a França, aliás, acho interessante esta posição de Alan Badiou:

        “France always exists through its exceptions. There are temporary exceptions that aren’t representative of an overwhelmingly reactionary country but are what make it less disgusting than it would be without them. I mean exceptions like 1789, 1848, 1871, the resistance, French philosophy after the war. They are the underside to the reactionary tradition of Louis Philippe, Napoleon III, Pétain, Sarkozy.”

        http://www.theguardian.com/culture/2012/may/18/alain-badiou-life-in-writing

      • XisPto diz:

        João: Ah as excepções francesas! A propósito do post e da pauta, olhe para estes que animam a vivacidade gaulesa. Um inventa o gesto outro faz a publicidade:

  2. vortex diz:

    em 1949 cantava Odir Odilon
    ‘hoje é Eva quem manobra
    e a culpada foi a cobra’

    a coitada nascera ‘pelada’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: