Demasiado humano

Grupo e ódio. No Depressão Colectiva.

FNV

4 thoughts on “Demasiado humano

  1. vortex diz:

    em 1975 um comuna entra na farmácia de um camarada,
    situada num bairro de Lisboa e pede
    ‘tintura de ódio’

    não digo o que pensou o meu Amigo desde os tempos do Prákistão.
    entristece-me pensar que uma excelente criatura acabou morto por um operário

  2. veronica santos diz:

    Muito bom o artigo. E como é que se lida com o ódio? Ou seja, uma vez declarado, como é que se lida com ele?

  3. veronica santos diz:

    Ou seja, corta-se o oxigénio. Sim, mas como? Como é que se desconstrói esse mecanismo. É possível?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: