Menos, por favor.

chico

Enough is enough.

Luis M. Jorge

Anúncios

19 thoughts on “Menos, por favor.

  1. Leitor diz:

    Luís,

    O papa não tem culpa que a imprensa se tenha embeiçado por ele 😉

    Entretanto, o Presidente, auto-intitulado social-democrata, Hollande tem um novo amor http://expresso.sapo.pt/o-verdadeiro-amor-de-francois-hollande-e-alemao=f852956.

    Não perca, este romance, num Tó Zé perto de si…

  2. A doutrina continua a ser “com papas e bolos se enganam os tolos”.

  3. caramelo diz:

    Eu estava aqui a pensar: eu conheço esta cara, eu conheço esta cara… olha, é o Stan Laurel.

    Pronto, o Pete Seeger já tem sucessor no Francis The Pope. Vai começar a fazer tournés a cantar o If I had a hammer e inscrever no crucifixo “this machine kills fascists”, como fez o o velho Woody Guthrie na guitarra. O fim do mundo está próximo.

  4. Ó Luís, devia reconhecer a excelência do trabalho dos colegas… http://lishbuna.blogspot.pt/2014/01/blog-post_6699.html

  5. Carlos diz:

    Ontem o Mário Soares a dizer que isto no tempo de Salazar é que era bom; hoje a Rolling Stone com o Papa como capa. A este ritmo de acontecimentos, não se poderá dizer no futuro que estes tempos foram chatos,

  6. Carlos C. diz:

    Até concordaria consigo, L.M.J., mas creio que a imagem em causa ainda vende, enquanto não surgir outra com melhor mercado. Pois… o mercado.

  7. Fernando Lopes diz:

    “Papa was a rolling stone” também seria um título apropriado. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: