Indeed.

Luis M. Jorge

5 thoughts on “Indeed.

  1. “É bom ser dos maus”… É de arrasar.
    Eu sempre preferi o cavaleiro branco.

    Abraço

  2. caramelo diz:

    No, sir, não consigo levar a sério um vilão inglês. Este é o meu top dos vilões:
    Kevin Spacey, no Suspeitos do Costume (género meio sorriso e cabecinha inclinada, ainda hoje me dá pesadelos esse demónio, insuperável)
    Joe Pesci, no Goodfellas (fooooda-se, pecanito do caralho)
    Klaus kinski, qualquer um (género alemão com cicatrizes)
    De Niro – Cape Fear (género psicopata)
    O Careca da Troika (género troika)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: