O ataque a sindicalistas

Feito pela CGTP:

“Contactado pelo PÚBLICO, um dos sindicalistas visados, Branco Viana, escusou-se a comentar as insinuações que, entende, reflectem “a falta de democracia existente dentro da empresa”. Explicou também que as estruturas sindicais “estavam mandatadas e cumpriram o que foi decidido em plenário, por esmagadora maioria dos trabalhadores”, referindo que a opção pela via do diálogo com o Governo recolheu apenas dois votos contra e quatro abstenções”.

Este assunto não ocupou os comentadores. Compreendo perfeitamente. Muito incomodativo. Democracia  sindical ou trabalhadores vendidos, esses malandros.

FNV

%d bloggers like this: